segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Será?

Gender Prediction
Get your own gender prediction!

Toda a gente me diz que vai ser um rapaz!
O teste chinês acima, a família, muitos amigos... Por outro lado há uma pequena falange de adeptos ferrenhos de rapariga, mas não sei... há pessoas que a primeira coisa que me dizem depois de "parabéns" é "vai ser um menino", assim, logo, do nada! E são daquele tipo de pessoas "entendidas", mais velhas, sábias... só um teste que a minha prima me fez é que dá rapariga. Imagina-se que temos as mãos queimadas e temos que lhar para elas. Se olharmos para as costas da mão é rapaz, se olharmos para as palmas é rapariga.O teste da agulha não fiz recentemente. Mas lembro-me de fazer no liceu e dar menino tb...
Segundo a minha própria teoria também vai ser rapaz. Sempre disse que as gravidezes difíceis (com muitos enjoos e percalços) eram raparigas. E eu, para já, não sinto nadinha de desagradável.
Há também aquela teoria de que as mães de meninos têm a pele bonita e as de meninas ficam com a pele muito estragada. Até agora, só uma borbulha...

Vamos lá ver quem terá razão... ou é rapaz e nos convence destas teorias todas ou é uma rapariga muito do contra!

1 comentário:

Kya disse...

Teorias populares que resultaram no meu caso:
- o tal das batidas do coração, mais acelerado para os rapazes;
- aumento da líbido no caso de rapazes (testosterona a circular no sangue da mãe!!!) e praticamente ZERO se for rapariga;
- crescimento de pêlos praticamente nulo na gravidez de meninas (verdade, até me questionava onde andariam os meus pelos das pernas!), no caso de rapazes dizem que crescem mais depressa mas não notei e tb sou pouco peluda talvez por isso;
- desejos de comida salgada com raparigas (iscas de fígado e feijoada, no caso da minha Ana) e de doces com rapazes (gelatina, gomas e pepsi twist com o Gil).
- formato da barriga: larga nas raparigas e empinada nos rapazes (ela esteve atravessada até às 32 semanas e ele encaixou-se de cabeça para baixo às 20!).
Quanto aos enjoos e dificuldades de gravidez, já tenho visto para ambos os lados e não posso dizer que tenha passado por isso. Ambas as gravidezes foram "boas" para mim, quando muito as diferenças foram por uma ser a primeira e a outra a segunda... quanto à pele, só se for verdade para o caso das estrias, mas não posso saber pelo motivo anterior... no caso da Ana, independentemente da hidratação que usei, a pele da barriga começou a estalar às 26 semanas; no caso do Gil, não ganhei uma única estria e não hidratei nadinha... e não me parece que fosse por já ter estrias, pois as que tinha mantiveram-se apagadas e não avivaram... na gravidez dela não podia tirar fotos à barriga, era horrível; da dele já pude, nem se notava nada!
Bjs